Arquivo da tag: comerciais legais

Dia das mães

No próximo domingo é dia das mães. Data que eu não comemoro há 7 anos, desde que minha mãe faleceu. Nos primeiros anos sem ela era bem sofrido assistir a tanta propaganda na TV sobre isso, mas agora eu nem ligo mais. Porém esse ano, pela primeira vez na vida, vi um comercial diferente abordando o assunto “ser mãe”.

Sinceramente, não me lembro qual é o produto. O mote da campanha me chamou muito mais atenção do que o que está sendo vendido. Tudo começa com uma moça num consultório médico abrindo um envelope. Quando as primeiras dobras do papel são abertas, começa uma sucessão de imagens provenientes da cabeça da moça: a gravidez, o nascimento, festinhas escolares, a formatura do filho, o casamento dele, etc. De repente, todas essas “memórias” em flash back param e ela retorna para o tempo presente quando um médico na frente dela diz: Fulana, não foi dessa vez. Ela então responde: mas eu não vou desistir. E entra a assinatura da campanha onde a empresa felicita todas as mães e aquelas que não desistem do desejo de se tornarem mães.

Na boua? Fiquei embasbacada. Lóóógico que me chamou muito a atenção por conta dessa mensagem ter tudo a ver com o meu momento de vida, mas não me lembro de ter visto nenhuma homenagem desse tipo antes. Quando eu assistir novamente, volto aqui para colocar a empresa que produziu. Besitos!

Anúncios

Porque eu amo a Apple – parte 2

Eu amei essa série de comerciais da Apple que aborda de forma cômica as diferenças entre o Mac e o PC. São 15 comerciais num só vídeo, estão em inglês e sem legendas. Enjoy!

Da série comerciais de TV – parte I

Eu sou publicitária, né, então eu A-MO assistir comercial de TV! E tem dois comerciais que eu simplesmente adorei por questões estéticas, de roteiro e pelo trabalho de edição ter sido um golpe de mestre. Um deles é um comercial da Ford que tem personagem feminina que é o mais lindo de todos. O mote da campanha é “Chega de tudo bem. Você já pode ser exigente” e conta a história da fulaninha que queria casar na primavera, mas aceitou casar no outono. Ela sempre responde: “Tudo bem” a todas as situações em que teve que abrir mão do que queria. E o outro que eu achei um primor é um comercial de calçados femininos com a Alinne Moraes. Não vai ser fácil descrever esse VT, mas vamos lá. Ao contrário do comercial da Ford que usou diversos cenários e recursos de cinema pra contar uma história lindinha ao estilo Amélie Poulain, a empresa de calçados (que eu não me lembro qual é) usou um fundo infinito e recursos de edição que lembram o stop motion. A cada peça que a atriz usava, iam surgindo “caixas” com imagens sobre o corpo dela que iam sendo “retiradas com a mão”. Só assistindo pra saber do que eu estou falando. Bom, eles são ótimos!

*

Esses dias estava sendo veiculado um novo comercial do Guaraná Antarctica com a (mala!) Cláudia Leitte em que foi resgatada a melodia do jingle “Pipoca e Guaraná”. Fiquei bege e amei a ideia. Esse jingle ficou marcado na minha memória, até hoje eu sei de cor a letra! A única coisa que estragou foi a presença da baiana em questã…

*

Outro que eu curti é o mais recente do carro Fox em que um cara senta diante do médico em um consultório e diz que o remédio que ele prescreveu tinha efeitos colaterais que não foram explicados. E o cara vai falando com uma vozinha bem fininha. A partir daí o médico o leva para dentro do carro e pede que ele continue a falar sobre o quê o incomoda. O rapaz então não consegue falar de outra coisa que não seja sobre o novo Fox  ainda com aquela voz fina superengraçada. O desfecho não foi lá essas coisas, mas o ator falando fino arrancou gargalhadas.

*

O Boticário tem se superado também nas suas campanhas. Sempre muito bem produzidas e sensíveis. Me lembro de uma cujo foco era o dia dos pais e mostrava uma criança chegando na casa do pai e fazendo diversas atividades com ele. A trilha do filme é o música “Valsa para uma menininha” de Toquinho e Vinícius. Ao final, quando ela o presenteia com um perfume e a câmera foca na menina, ela na verdade é uma moça adulta. Muito fofa a ideia de dizer que para o seu pai você será sempre criança.

*

Mais um comercial que eu me divirto quando assisto é um dos produtos Tigre. Sempre canto junto a musiquinha “Olha a mancha na parede, estica o braço pra lixar. E o vazamento não para…” A publicidade na TV tem que surpreender, emocionar, divertir. Se não é mais do mesmo.

Obs.: Não estou ganhando nada ao falar dessas marcas e elogiá-las. É puro reconhecimento pelo bom trabalho deles… he he he